21 dezembro 2014

Resenha | Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden

Olá amores! Tudo certo?

Como citei meu livro favorito no post de apresentação, nada mais justo do que fazer uma resenha especial sobre o livro, né?

O livro foi lançado originalmente em 1997 por Arthur Golden, onde ele conta em primeira pessoa a história de uma Gueixa em Gion, Kyoto, no Japão. A história se estende entre o antes e o depois da 2º Guerra Mundial até o final da vida da protagonista como Gueixa. A adaptação para o cinema ocorreu em 2005 e foi produzido pela empresa de Steven Spielberg, a Amblin Entertainment e Spyglass Entertainment e a empresa de Douglas Wick, Red Wagon Productions, sendo dirigido por Rob Marshall. As gravações se dividiram ente sul e norte da Califórnia e vários locais de Kyoto, local onde se passa a história do livro.

Entre os prêmios ganhos estão o Oscar 2006, por melhor arte, fotografia e trilha sonora, BAFTA 2006, por melhor figurino, fotografia e trilha sonora, Globo de Ouro 2006, por melhor trilha sonora e MTV Movies Awards, por melhor performance sexy para a atriz Zhang Ziyi. Agora vamos para a resenha!

             

Ficha Técnica
× Título: Memórias de uma Gueixa
× Título original: Memoirs of a Geisha
× Editora: Imago
× Páginas: 460
× Edição: 2006
× Autor: Arthur Golden


Sinopse


"Memórias de uma Gueixa" é um romance fascinante, para ser lido de várias maneiras: como um mergulho na tradicional cultura japonesa, ou um romance sobre a sexualidade, e ainda, como uma descrição minuciosa da alma de uma mulher já apresentada por um homem.  

Seu relato tem início numa vila pobre de pescadores, em 1929, onde a menina de nove anos é tirada de casa e vendida como escrava. Pouco a pouco, vamos acompanhar sua transformação pelas artes da dança e da música, do vestuário e da maquilagem; e a educação para detalhes como a maneira de servir saquê revelando apenas um ponto do lado interno do pulso - armas e mais armas para as batalhas pela atenção dos homens. Mas a Segunda Guerra Mundial força o fechamento das casas de gueixas e Sayuri vê-se forçada a se reinventar em outros termos, em outras paisagens.

 Resenha

Após o falecimento da mãe, Chiyo Sakamoto é vendida como escrava junto com sua irmã mais velha, Satsu, pelo próprio pai por questões financeiras e de sua idade avança para criar as filhas. Separadas em Kyoto, Chiyo é destinada para um Okiya, uma casa de Gueixa, onde chama a atenção por seus incomuns olhos azuis enquanto sua irmã é destinada a uma casa de prostituição aos arredores da cidade. Sem escolha, Chiyo se agarra a esperança de fugir com a irmã e voltar para casa, o que resulta em várias tentativas frustradas de fuga sem sucesso, até que ela descobre que sua irmã, Satsu, fugiu sem ela. Agora, sozinha, só o que lhe resta é o Okiya que a acolheu, onde é destinada a trabalhos domésticos durantes seus primeiros anos de estadia até atingir a idade para iniciar na escola de Gueixa da região. Memórias de uma Gueixa retrata a vida secreta de Chiyo Sakamoto e seu caminho percorrido através dos anos no Japão, a escrita detalhada e emocionante nos conta como uma menina de um simples vilarejo de pescadores se transformou em Sayuri Nitta, uma das Gueixas mais famosas do país.


PERIGO DE SPOILER



Na minha mais humilde opinião Arthur Golden descreveu perfeitamente todos os sentimentos contados à ele por Sayuri, de forma tão sensível e envolvente que as palavras parecem escritas pela própria protagonista.

Grande parte da trajetória de Chiyo para se tornar Sayuri é muito sofrida, desde ser vendida pelo pai até seus momentos finais como Gueixa, e a cada acontecimento era uma fagulha de esperança que se acendia para que tudo desse certo, mesmo com as constantes afirmações de que uma Gueixa não tem o luxo da felicidade.

Após os primeiros anos como empregada no Okiya, Chiyo despertou grande interesse por parte da dona do lugar - chamada por todos como mamãe - pela carreira promissora que poderia ter como Gueixa, o que resultou em certo ciúmes pela Gueixa atual da casa, Hatsumomo, que passa a importuná-la com maldade para camuflar seu medo de ser substituída por ela mais tarde. Mas é em um de seus "passeios" por Kyoto que a pequena Chiyo conhece um homem que, generosamente, compra-lhe um sorvete para agradá-la e ela passa a chamá-lo de "presidente". Encantada com o gesto daquele homem, Chiyo passa a nutrir uma paixão por ele, embora saiba que as chances de vê-lo novamente sejam quase nulas, e sua única lembrança é um lenço que o mesmo lhe dera antes de se despedirem.

Os anos passam até que Chiyo renasce como Sayuri, com ajuda de sua tutora Mameha, uma Gueixa bem sucedida e famosa que aceita treiná-la para o sucesso. Não demora muito para que Sayuri atraia olhares e ganhe fama pelas redondezas e em pouco tempo se tornou uma das mais populares de Kyoto, o que não agradou Hatsumomo.

Entre tantos acontecimentos, bons e ruins, o desfecho me encantou por completo, pois é quando todos os detalhes se encaixam de uma forma única montando por fim um quebra-cabeça de emoções. Em todo o livro acreditei que ela realmente não mais encontraria seu Presidente, e que se o encontrasse ele não se interessaria, mas não, a verdade é que assim que ele a viu como Gueixa entregou seu coração a ela, como Sayuri entregara o dela desde a primeira vez que o vira. Descobrir que o sucesso dela como Gueixa foi influenciado por ele, que pessoalmente pedira a Mameha para cuidar da pequena Chiyo, é apaixonante. 

O Presidente nunca se foi depois daquele primeiro encontro, a verdade é que ele sempre estivera presente na vida de Sayuri, auxiliando-a através de terceiros, até que por fim puderam ter um ao outro pelo resto de seus dias.

Além de uma história linda, a capa é um verdadeiro luxo e é, de longe, uma das mais bonitas e marcantes da minha estante.

Eu sinceramente recomendo essa leitura a todos, de todo o coração <3

NOTA:
       


Um comentário:

  1. Adorei todas as suas resenhas juh mas me interessei nesse , amando muito não só o que o livro trás nas escritas mas essa capa *-* mds

    ResponderExcluir

Seu comentário contribui para o crescimento do blog!
Deixei sua marca aqui <3